Avançar para o conteúdo principal

Vamos parar e falar de... Restrição alimentar

Quando falamos de restrição alimentar é normal associarmos a isso a ideia de fome, ou então de impossibilidade de comermos aquilo de que gostamos.
A verdade é que essas coisas, não tem que acontecer desde que a alimentação seja saudável e equilibrada. A restrição alimentar desafia a pessoa a comer doses mais pequenas, mas de tudo aquilo que a pessoa quer e pode comer.
Contudo existem vários tipos de restrição alimentar muitas vezes associadas a doenças e alergias que restringem muito a escolha alimentar de uma pessoa. Entre as restrições alimentares mais conhecidas estão o glúten, açúcar, sal, lactose entre outros.
Seja como for uma pessoa saudável pode fazer vários tipos de restrições alimentares, desde a restrição ao açúcar e sal à quantidade de comida ingerida.
fonte
Um truque para facilitar esta redução de quantidade é trocar os pratos normais por pratos de sobremesa.

Contem-me tudo, fazem algum tipo de restrição alimentar?

Partilhem no facebook ou no Instagram a vossa dieta através da #vamospararefalarde Acompanhem a minha dieta através das redes sociais...
https://twitter.com/Bonecade_Traposhttps://www.facebook.com/ontemesomemoria/
https://plus.google.com/u/0/+TeresaSilvaIsy/postshttps://www.instagram.com/teresaisabelsilva/



Este texto é baseado na minha experiência pessoal e conhecimentos auto adquiridos. Para melhores resultados recomendo que visitem um médico ou um nutricionista.

Comentários

  1. Eu ando a cortar no açúcar e nos assados e fritos :)
    Bom Post.
    Bjxxxx

    ResponderEliminar
  2. A única coisa que ando a evitar quaseee a 100% : fritos. isso sim evito ao máximo! O resto como de tudo e ao gosto. O que me vale é que o meu estômago é "pequenote" e já não entra lá muita coisa:)
    beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Não faço dieta. Tenho cuidado com alimentação pois tenho problemas de estômago.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei como isso é, o meu pai também tem problemas...

      Eliminar
  4. Ando a reduzir principalmente nas quantidades e nos sumos! Beijinhos, gostei do post!
    Meu cantinho Lusitana❤Blog


    Novo post: Favoritos de Abril



    ResponderEliminar
  5. Adorei o post!
    Parabéns! Sucesso!
    Abraços,
    carolnagliati.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Adorei as tuas dicas e confesso que como de tudo mas devia ter mais cuidado com a minha saúde
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia
    Facebook
    Convido-te a participar no Sorteio do cantinho
    Novo Sorteio ( Portugal & Ilhas )
    Tem post novo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde que não exageres não deve existir motivo para alarme!

      Eliminar
  7. Adorei o post. Nesses últimos meses a minha alimentação anda uma bagunça por causa da correria dos estudos..

    Beijos ♥
    https://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como eu te entendo, felizmente já passei essa fase!

      Eliminar
  8. Adorei o assunto do post, linda!
    Eu tenho restrição a lactose e sou completamente proibida de comer glúten por ser alérgica :(
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderEliminar
  9. Parabens pelo post
    Beijinhos
    Clara Dinis
    docinhomorango7.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Parabéns pelo post, ficou ótimo. Ultimamente minha alimentação anda toda desregulada, mas é por motivos pessoais. Adorei seu cantinho
    Já estou seguindo seu blog.
    Estou começando um blog juntamente com minha prima, te convido para conhecê-lo e segui-lo
    Beijos
    Blog Ateliê da Bianca
    Página no Facebook

    ResponderEliminar
  11. Excelente publicação!

    r: Que bom que é ler isso, obrigada *.*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

TAG| 100 perguntas que ninguém pergunta

Sabendo como eu gosto de responder a TAGs a Matilde do blog "O Cantinho da Tily", nomeou-me para este desafio bem simples e divertido. As regras são simples, responder às 100 perguntas, e nomear quem quisermos. Vamos a isso? 1. Você dorme com as portas do seu armário aberta ou fechada? Prefiro fechada por uma questão de organização, mas não me faz diferença. 2. Você leva embora os shampoos e condicionadores dos hotéis? Sim!!! 3. Você dorme com seu edredão dobrado para dentro ou apra fora? Tanto faz! 4. Você já roubou uma placa de rua? não, mas confesso que gostava de ter uma! 5. Você gosta de usar post-it? Adoro! 6. Você corta cupões, mas depois nunca usa? Sim! 7. Você prefere ser atacado por um urso ou um enxame de abelhas? Venha o diabo e escolha! 8. Você tem sardas? Nop. 9. Você sempre sorri para fotos? Quase sempre! 10. Qual é a sua maior neura? Ui se as coisas não levarem o rumo que eu quero fico do pior! 11. Você já contou seus passos enquanto você andava? Sim. 12. Você já fez x…

As férias acabaram... Como é que ficaram os animais abandonados?

Existe uma dura realidade que após as férias de verão fica esquecida. Se no inicio do verão as campanhas de sensibilização são muitas (e mesmo assim não são suficientes), a verdade é que depois dos dias dourados de verão, já ninguém pergunta o que aconteceu ao cão idoso que abandonaram às portas de uma instituição, ou então como está aquele cachorrinho que deixaram na beira da estrada.
A minha pergunta para vocês é: Afinal o abandono está a diminuir?
E infelizmente a resposta é não! No final do verão contactei várias instituições que recolhem animais e as respostas são sempre iguais: Não! Não diminuiu.
Para vos ilustrar esta realidade, pedi a várias instituições dados sobre o abandono de animais durante os meses de verão, porém só a Associação Midas no Porto é que se ofereceu para disponibilizar dados concretos:

2015 - 53 animais acolhidos pela instituição.
2016 - 107 animais acolhidos pela instituição. 
2017 - 71 animais acolhidos pela instituição.

Porém antes de começarem a bater palma…

A menina bonita

Decerto que lhe conhecem a imagem, a menina de nove anos, chama-se Kristina Pimenova, e é já considerada uma das raparigas mais belas dos últimos tempos.
A criança, é modelo para marcas como Armani, Vougue e Dolce & Gabanna, e desde os 3 anos que assina contratos milionários. Kristina Pimenova, nasceu em Moscovo, e está inscrita em agências de modelos desde tenra idade. Quem patrocinou tudo isto?! A sua mãe, Glikeriya Pimenova, também uma ex-modelo, tem levado a filha à ascensão, porém, tem também sido criticada por isso. Além de muita gente a criticar por não permitir que Kristina tenha a vida de uma criança normal, a mãe da mesma é ainda mais criticada por ter permitido que recentemente a filha pousasse maquilhada e vestida de forma pouco própria para a sua idade. Glikeriya Pimenova, gere os contratos milionários da filha, bem como as redes sociais da mesma que já tem mais de 300 mil seguidores. Porém não é o numero de seguidores que vai determinar a infância que muitos dizem p…